quinta-feira, 24 de maio de 2018

Estas palavras podiam ser minhas

Já me anulei para outros crescerem. Sofri. Fui enganada. Caí. Levantei-me e passei a gostar ainda mais de mim.
Hoje sou muito leal  a mim mesma, aos meus valores e ao que não quero na minha vida. E mostro-o e luto por isso com determinação tal que me chamam de insolente, intolerante e outras coisas começadas por “in”. Não faz mal. Não me abala. Não posso é deixar de ser eu.
Até porque...


At The End Of The Day All We Have Is Who We Are.


In:A Marta à conversa

quarta-feira, 23 de maio de 2018

DECOR INSPIRATION